Manifestação dos Vigilantes contra a redução da segurança nas agências da Caixa

O Sindicato dos Vigilantes de Volta Redonda realizou uma manifestação, na última quinta-feira, dia 27 de junho, contra o pacote de maldade da Caixa Econômica, que está prejudicando os vigilantes da empresa Juiz de Fora, que atua no Sul Fluminense, e colocando em risco os clientes e funcionários do banco.

 

A CAIXA pretende implementar o regime de vigilante parcial, com isso só haverá segurança nas agências das 11 às 16hs. Não bastasse a insegurança no falido Estado do Rio de Janeiro, agora o banco toma essa decisão que compromete a segurança de todos em suas agências, diminuindo o tempo que o vigilante trabalhará.


A manifestação começou as 9h, em frente a Caixa Econômica da Vila Santa Cecília, em Volta Redonda, e percorreu as ruas até a sede da Prefeitura.


Tivemos o apoio de todos os sindicatos coligados a Federação de Vigilantes do Estado do Rio, Confederação Contrasp, Central CNST, Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense e Sindicato dos Metalúrgicos.


O LUCRO É MAIS IMPORTANTE QUE A VIDA? De acordo com a Caixa Econômica, o balanço de 2018 (lucro líquido) foi de R$10 bilhões. Diante de um lucro desse tamanho, a CAIXA precisa sangrar ainda mais o trabalhador vigilante? Não aceitamos essa situação, pois reduz a segurança e coloca todos em risco. Nossa luta continua junto com a categoria!

 

Contato

VOLTA REDONDA - RJ: Av. Sete de Setembro, 632 - Aterrado

Telefone: (24) 3346-8819

 

RESENDE - RJ: Av. Albino de Almeida, 142 - sala 205 - Campos Elíseos (em cima da loja Mundo Verde)

 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.