INSS responde às principais dúvidas sobre as regras da fórmula 85/95 para a aposentadoria

INSS

A Previdência Social está esclarecendo aos segurados a nova regra de cálculo das aposentadorias por tempo de contribuição foi estabelecida pela Medida Provisória nº 676, que ainda suscita muitas dúvidas. O instituto pretende imprimir uma cartilha sobre o assunto. Ela explica que, para se aposentar, o segurado terá que fazer o cálculo levando em consideração o número de pontos alcançados somando a idade e o tempo de contribuição do segurado – a chamada Regra 85/95 Progressiva. Alcançados os pontos necessários, será possível receber o benefício integral, sem aplicar o fator previdenciário. A progressividade ajusta os pontos necessários para obter a aposentadoria de acordo com a expectativa de sobrevida dos brasileiros.

Até dezembro 2016, para se aposentar por tempo de contribuição, sem incidência do fator, o segurado terá de somar 85 pontos, se mulher, e 95 pontos, se homem. A partir de 2017, para afastar o uso do fator previdenciário, a soma da idade e do tempo de contribuição terá de ser 86, se mulher, e 96, se homem. A MP limita esse escalonamento até 2022, quando a soma para as mulheres deverá ser de 90 pontos e para os homens, 100.

Veja abaixo algumas perguntas mais comuns e suas respostas.

Leia mais...

Projeto que cria um piso salarial para os vigilantes avança na Câmara Federal

O projeto que cria um piso salarial para os vigilantes, de autoria do Senador Marcelo Crivella, ganhou na Comissão Especial e avança na Câmara Federal. O O projeto visa manter uma base fixa para o salário dos vigilantes, evitando as disparidades salariais existentes entre trabalhadores de cidades diferentes.

Pela proposta, nenhum vigilante ou segurança das empresas de transportes de valores, pode receber menos de R$ 800,00 por mês. Para trabalhos mais arriscados, o valor será de R$ 950,00 e pode chegar a R$ 1.100,00 para o trabalhador exposto ao grau máximo de risco e responsabilidade.

O Projeto de Lei nº 4.238/2012, estabelece que a convenção coletiva de trabalho definirá quais atribuições tem grau mínimo, grau médio e grau máximo de risco profissional. Esses valores podem ser alterados de acordo com cada realidade, mas o mínimo deverá ser garantido. Outra novidade é que o piso será reajustado anualmente, de acordo com a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Caso seja aprovado, o projeto será enviado para análise do plenário da Câmara.

Leia mais...

SESI oferece vagas gratuitas para jovens e adultos que desejam terminar os estudos

EJA Sesi

O Sesi está com vagas gratuitas abertas para os cursos de educação básica para jovens e adultos - EJA. É a sua oportunidade de se alfabetizar ou terminar o ensino fundamental e ensino médio.

Para participar basta procurar a unidade do Sesi mais perto de você, munido de identidade, CPF, certidão de nascimento ou casamento e comprovante de escolaridade. Jovens de 15 a 17 anos devem estar acompanhados dos responsáveis, com seus documentos.

Mais informações pelo site www.firjan.org.br/educamais ou pelos telefones 0800-0231-231 / 4002-0231.

Invista em você enquanto há tempo e esteja pronto para novas oportunidades!

Mais um vigilante é morto em troca de tiros, agora no INPA em Manaus-AM

Os sindicatos estão de luto por mais um vigilante morto. Com esta lei defasada, cada dia fica mais difícil o vigilante sair para trabalhar e não sabe se volta para casa. A Lei 4.340/08 que ainda esta para ser aprovada, vai ajudar a dar mais segurança aos vigilantes. Mas muita coisa ainda tem que mudar nessa lei brasileira, pois a cada dia que passa vem morrendo pessoas inocentes vitimas da violência.

O vigilante Luzivan Gonçalves dos Santos, 33 anos, foi mais uma vítima. Ele foi morto durante uma tentativa de assalto nas dependências do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), na noite do dia 19 de julho, por volta das 23h, na avenida General Rodrigo Otávio, bairro Japim, Zona Sul de Manaus.

Leia mais...

Sindicato fecha parceria com o plano Conmedh com preços atrativos para os vigilantes associados

O Sindicato dos Vigilantes fechou mais um convênio para beneficiar os seus associados. Dessa vez é com o plano de saúde Conmedh, que oferece desconto para os vigilantes e seus dependentes.

São planos de saúde com mensalidades a partir de R$ 52,97 para um beneficiado e R$ 47,67 para mais de um beneficiado.

O plano inclui consultas, cirurgias, partos, exames, programas de prevenção, nutricionista, internação e muito mais.

Para maiores informações entre em contato com o nosso Sindicato.

Vigilantes e sistemas de segurança em casas lotéricas poderão ser pagos pela Caixa

Uma das lutas dos sindicatos de vigilantes é pela aprovação do Projeto de Lei 381/11, do deputado Guilherme Campos (DEM-SP), que obriga a Caixa Econômica Federal (CEF) a pagar as despesas com sistemas de segurança e com a contratação de vigilantes em loterias que funcionam como agências bancárias e que se situem nas regiões metropolitanas.

O projeto altera a Lei 7.102/83, que prevê que qualquer estabelecimento financeiro onde haja guarda de valores ou a movimentação de numerário (moeda legal) tenha sistema de segurança aprovado pelo Ministério da Justiça, por meio do Departamento de Polícia Federal. Segundo a proposta, essa obrigação será somente para as casas lotéricas.

Para outros estabelecimentos, como correspondentes bancários por exemplo, que tem uma reduzida circulação financeira, o Poder Executivo estabelecerá requisitos próprios de segurança. Pela lei atual, essa exceção é válida apenas para as cooperativas singulares de crédito.

No caso das loterias em regiões metropolitanas, a obrigação continua sendo válida, mas os custos para seu cumprimento terão de ser arcados pela CEF.

Segundo Campos, os cidadãos ficam mais vulneráveis à ação criminosa nas lotéricas situadas nas regiões metropolitanas, mas os proprietários não têm como arcar com os custos da segurança exigida pela legislação.

O projeto tramita em conjunto com o PL 4436/08, que será analisado por uma comissão especial e pelo Plenário.

Fonte: Câmara Notícias

Contato

VOLTA REDONDA - RJ: Av. Sete de Setembro, 632 - Aterrado

Telefone: (24) 3346-8819

 

RESENDE - RJ: Av. Albino de Almeida, 142 - sala 205 - Campos Elíseos (em cima da loja Mundo Verde)

 

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.